Sem categoria

Gestão de pessoas: 5 passos para melhorar o clima organizacional

Mesmo as empresas com uma cultura forte e sólida podem encontrar, nas atitudes, comportamentos e padrões de tomada de decisões dos funcionários, algumas falhas que podem ser melhoradas. A chave pode ser melhorar o clima organizacional. No entanto, o primeiro passo deve ser dado pelo próprio gestor, mudando suas atitudes e comportamentos, como exemplo. Uma vez que os colaboradores percebam os benefícios dessa mudança, tenderão a repeti-los até se tornarem habituais.

No entanto, essa não é uma tarefa fácil, pois depende da cooperação dos profissionais envolvidos. Pensando nisso, desenvolvemos este post com as dicas mais importantes para que você entenda o que é clima organizacional e possa implementar essa mudança com maior sucesso. Acompanhe!

O que é clima organizacional?

Clima organizacional pode ser definido como as percepções e os sentimentos que os colaboradores têm em relação ao ambiente de trabalho em que estão inseridos. Muitas pessoas confundem o clima com a cultura e acreditam que ele não pode ser controlado, pois é muito forte e enraizado nas organizações.

No entanto, os gestores e líderes mais experientes sabem que o clima pode, de fato, ser melhorado e que fazer as mudanças necessárias motivará os colaboradores a saírem do isolamento para a conexão.

O clima organizacional é mensurável e muito mais fácil de transformar, enquanto a cultura enfatiza as suposições implícitas em uma organização, que podem ser mais resistentes às mudanças. Um clima positivo não necessariamente equivale a mais diversão ou relaxamento no trabalho. Isso significa criar um ambiente com condições propícias para que as pessoas se sintam mais à vontade e trabalhem com criatividade, estimulando a melhor produtividade.

Para melhorar o clima organizacional, é preciso identificar o nível atual e desenvolver um planejamento com etapas a serem seguidas. A mudança vem com dedicação e tempo. Cada passo contribuirá para um pequeno avanço.

Como fazer uma pesquisa de clima organizacional?

Como falamos, o clima organizacional é percebido pelas pessoas. Por exemplo: você já reparou como, em alguns ambientes, você se sente desconfortável até para pedir uma água? O “clima” do local interfere no seu comportamento e o limita. Ao mesmo tempo, outros locais nos dão a liberdade de abrirmos a geladeira e nos servirmos sem maiores problemas.

Dessa forma, podemos supor que quem está dentro de um ambiente consegue entender o clima que existe ali, correto? Seguindo essa lógica, o clima organizacional é muito mais bem percebido pelos colaboradores do que pelo pessoal do RH, pelos gestores ou pela diretoria, concorda?

Por esse motivo, quando percebemos que algo está errado nas empresas e suspeitamos que as relações podem ser o problema, a pesquisa de clima organizacional é a primeira coisa a ser feita. E ela tem seu maior enfoque na percepção que os colaboradores têm do ambiente — essa é a coisa mais importante sobre a pesquisa de clima organizacional.

Depois da pesquisa feita, nós teremos, em mãos, uma análise quantitativa e qualitativa de como o ambiente de trabalho está sendo percebido pelo pessoal. Isso permite criar uma linha de ações, ou um plano de ação, para resolver possíveis problemas e impactar a produtividade da equipe.

Dito isso, vamos entender 4 pontos importantes sobre a pesquisa de clima organizacional? Acompanhe!

1. Cuide da preparação da pesquisa

É preciso ter ciência, nessa etapa, que o objetivo de uma pesquisa de clima organizacional é a coleta de dados sobre o ambiente de trabalho. A pesquisa não tem nenhuma pretensão de, sozinha, mudar algo que vem acontecendo dentro da organização.

2. Elabore um questionário amplo, mas simples

A pesquisa de clima organizacional, normalmente, é dividida em questionário e entrevista. O questionário tende a ser aplicado em todos os colaboradores e a pesquisa é feita com alguns, por meio de sorteio. No caso do questionário, ele deve ser robusto e apresentar uma série de itens relevantes ao estudo do clima (existem alguns modelos prontos on-line). Entretanto, esse tipo de material não pode ser complicado, ou seja, sua composição deve prezar por uma linguagem acessível e questões de fácil resposta.

3. Avise que a pesquisa será feita

Para que os colaboradores respondam a pesquisa da maneira mais sincera e verossímil possível, é essencial que seja feito um comunicado, alguns dias antes, explicando o que será feito, qual o seu objetivo e como funcionarão as questões de privacidade e anonimato. Esse tipo de aviso dá aos funcionários tempo para pensarem sobre o que responderão, evitando que a pesquisa mensure respostas dadas por impulso.

4. Mostre comprometimento e resultado

Ao coletar os dados, se a pesquisa apontar para um clima organizacional desfavorável para os colaboradores, algo precisará ser feito — um plano de ação deve ser montado e executado. A única coisa pior do que um clima ruim é uma pesquisa que não gera mudanças na organização, pois passa a sensação de que a empresa não se importa com as necessidades dos colaboradores. Então, tenha certeza de que a pesquisa está sendo feita com o apoio de todos do setor estratégico da companhia!

Existe alguma dica para melhorar o clima organizacional?

Como o clima organizacional é mensurável e propício a sofrer mudanças, alguns comportamentos e ações são eficientes no sentido de torná-lo mais assertivo para seu objetivo, que é garantir um espaço saudável para que os trabalhos sejam feitos. A seguir, você vai conhecer cinco práticas de gestão que proporcionarão esse tipo de mudança em sua empresa. Vamos lá?

1. Melhore as formas de comunicação da empresa

Analise as formas de comunicação utilizadas na empresa. Identifique falhas e formas de melhorá-las. Como a comunicação representa a ligação mais forte entre os colaboradores no trabalho, torná-la mais clara, efetiva e próxima pode representar uma estratégia de desenvolvimento pessoal e profissional, além de gerar melhores resultados para o negócio.

2. Avalie e estimule o desenvolvimento profissional

Avalie regularmente o desempenho individual e coletivo da sua equipe de trabalho. Crie elevados padrões de desempenho para a equipe e motive-a a buscar sempre o melhor de si mesma. Enquanto você desenvolve profissionais mais bem qualificados e capacitados, eles agradecem com resultados reais.

3. Confie na equipe de trabalho

A confiança de um gestor no colaborador pode gerar um efeito motivacional incrível para ambos. Por isso, institua metas desafiadoras, porém realistas, alegando que acredita no potencial da sua equipe. Dê liberdade para os colaboradores atuarem além do seu campo de conhecimento para estimular novas ideias e estratégias que beneficiarão a todos os envolvidos. Por fim, inspire o máximo desempenho conectando as pessoas umas às outras, de forma emocional, motivando a cooperação geral.

4. Reconheça os bons resultados

Reconhecer um bom desempenho de forma pública e fornecer feedbacks valiosos pode deixar o colaborador, ou a equipe, motivado a buscar sempre a superação do resultado anterior. Isso vai ajudar os funcionários a crescer e atingir altos objetivos na vida pessoal e na carreira.

5. Estimule o trabalho em equipe

Realize reuniões periódicas (semanais, quinzenais ou mensais) para aumentar a confiança, a cooperação e o respeito mútuo entre os membros da equipe. Convença as pessoas a colaborarem, da mesma forma, em toda a organização, demonstrando, na prática, as vantagens desse comportamento. Isso gerará um sentimento de que pertencem à organização, valorizando-a ainda mais.

Muitos gestores acreditam que motivar o trabalho em equipe e reconhecer resultados é a chave para melhorar o clima organizacional. Mas cada empresa tem o seu próprio clima e dependerá de uma análise profunda para identificar o que realmente importa. O importante é concentrar-se no tipo de clima que deseja obter. A boa notícia é que, quando entendemos o que é clima organizacional, podemos mudá-lo e gerar bons resultados sem a necessidade de fazer grandes investimentos!

Gostou das dicas? Assine a nossa newsletter e receba mais posts como este!

 20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *